Luta pela independência do Grande Bom Jardim continua este ano

Segundo proposta de Plácido Filho, a macrorregião, que carece de atenção aos serviços básicos, passa a contar com estrutura própria. Comunidade apoia a medida

Foto: Wendeson Cruz / Divulgação

Falar de independência é falar, também, da capacidade de realizar tarefas com rapidez e comodidade. É com esse propósito que o mandato do vereador Plácido Filho vem lutando desde 2017 para que o Grande Bom Jardim passe a contar com uma rede de serviços públicos capaz de satisfazer as demandas dos moradores locais. Caso a independência aconteça, a macrorregião passará a contar com unidades da Enel, Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece), Banco do Brasil, Caixa Econômica e um hospital público.

“A premissa básica para que seja consolidada essa independência é o deslocamento que a população local precisa realizar para um atendimento em prestadores de serviços públicos e banco, por exemplo. Na saúde, as pessoas precisam ir até o Conjunto Ceará ou à Parangaba para situações de urgência e emergência na maioria das vezes. Isto não está correto”, explica Plácido Filho. O parlamentar é autor do projeto de indicação 24/2017, que prevê a construção de um Frotinha no Bom Jardim. A solicitação foi aprovada pelo plenário da Câmara Municipal de Fortaleza (CMFOR), mas posteriormente arquivada.

Dia a dia da população
Para a microempresária Gorete Uchôa, 45, uma das principais justificativas do pleito da comunidade é o tempo que a população gasta para se deslocar a outros bairros e ser atendida em agências desses serviços, bem como a falta de estrutura para o atendimento, que tende à superlotação, opina. “O Bom Jardim e adjacências necessitam de uma Caixa Econômica. Tínhamos uma até 2018, mas ela foi fechada. É complicado para nós”, Para tudo, temos que ir ao Conjunto Ceará. É muito tempo perdido.”

Sobre a condição da rede pública de saúde, Gorete diz que a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro está sempre lotada e que o Frotinha da Parangaba, equipamento a que a população do Bom Jardim costuma recorrer, possui “uma estrutura muito precária.” “Somos uma minicidade. Precisamos desses atendimentos perto de nós.”

A luta não para
Demandado pela população do Grande Bom Jardim, Plácido Filho segue na luta pela independência do Grande Bom Jardim. O vereador realizará em março deste ano um seminário no local, para discutir os anseios da comunidade. A articulação junto a autoridades ocorrerá também: serão procurados os superintendentes da Enel e da Cagece, bem como a Prefeitura de Fortaleza.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *